quinta-feira, 28 de maio de 2009

Mamma Mia: diversão garantida

Apesar da crítica positiva e de algumas pessoas terem me falado bem do filme Mamma Mia! (2008), tive certa resistência em assisti-lo. Primeiro porque não sou muito fã de musicais, depois porque as canções utilizadas são do Abba. Aí mesmo é que torci o nariz. Acabei assistindo meio que por acaso e me surpreendi. Gostei do filme.
A história é da jovem Sophie (Amanda Seyfrid), que vive com sua mãe (Meryl Streep) em um hotel na Grécia. Prestes a se casar, Sophie decide conhecer seu pai. Assim, ao ler um antigo diário de sua mãe, descobre que tem três opções de prováveis pais. Resolve, então, convida-los para seu casamento, a fim de desvendar o mistério.

O desenrolar da trama é meio superficial. Nada muito grandioso ou relevante acontece. O grande mérito fica por conta das canções. Isto porque, há uma certa peculiaridade nas cenas cantadas. Normalmente filmes musicais compõem as canções em forma de diálogos. No caso de Mamma Mia!, as músicas foram selecionadas de acordo com o contexto de cada cena, sem que para isso ela, necessariamente, desenvolva uma conversa entre as personagens. Isso faz toda a diferença, pois não fica aquela coisa enfadonha das pessoas conversando ritimadamente.

Claro, o filme é muito bom, mas dentro do que se propõe: divertir, nada mais. Desperta uma vontade de sair cantando e dançando com as personagens. Mesmo quem nunca gostou de Abba. Além das canções, coreografias engraçadas completam as cenas. E os atores transmitem toda a animação que deve ter sido gravar um filme em que se canta e dança o tempo todo. Só faltou explorar melhor as belas paisagens do local. Mas a diversão é garantida.
Assista ao trailer do filme.


3 comentários:

† Klaus † disse...

Eu também tinha, e continuo tendo, preconceito com musicais.

E tinha um certo receio com o Mama Mia, também.

Mas o filme é bem legal, superou minhas expectativas. Mas mesmo assim, achei que tinham muitas musiquinhas. No final do filme não aguentava mais. Mas tinham umas bem divertidas mesmo.

Vale a pena ver!

Beijão, Lizzý!

Gabi Fofonka disse...

Lisiii!!
que amor teu blogue! Ai que bacana esse mundinho!
que pena que logo agora que nos aproximamos tu já vai te formar! Mas que boom pra ti :D

beijo beijo!!!

thiagoks disse...

não vi, e certamente não verei, hahahahaaha!! mas pra quem curte esse gênero parece interessante, pelo teu relato.

[mudando completamente de assunto: dá uma olhada no teu outro blogspot...]

saudações!!